Campeão paralímpico homenageado pela conquista de medalha de bronze no Rio de Janeiro

As fotos foram submetidas em 30 Set 2016 às 1:30

O atleta Abílio Valente, que foi medalha de bronze, por equipas, na categoria de boccia BC1/Bc2 nos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro, no Brasil, foi homenageado pela Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis.

A homenagem visou distinguir o “feito histórico” do jovem atleta e insere-se na prática, já habitual, do município em reconhecer quem prestigia e promove o nome de Oliveira de Azeméis.

“É uma honra ter um atleta desta dimensão”, afirmou o presidente da Câmara, Hermínio Loureiro, na receção ao atleta que decorreu na biblioteca municipal Ferreira de Castro.

O autarca elogiou as qualidades de Abílio Valente desejando que “esta seja a primeira de muitas medalhas a conquistar porque ele ainda tem um longo caminho a percorrer”.

A conquista da medalha de bronze foi “um feito desportivo de relevância extraordinária”, assinalou Hermínio Loureiro, recordando que “todos nós sentimos um enorme orgulho ao vermos a bandeira portuguesa a ser hasteada”.

Segundo o autarca, o município possui “uma estratégia definida para o desporto”, incluindo o desporto adaptado, “criando condições para estes super-atletas nos dar estas alegrias”.

O presidente da Assembleia Municipal, Jorge Oliveira e Silva, sublinhou o esforço do homenageado em cumprir os treinos e em alcançar os seus objetivos.

“Estamos aqui a dar-lhe força e a dizer-lhe que pode contar connosco para ganhar mais medalhas”, disse.

Orgulhoso pela medalha conquistada e por representar Portugal, Abílio Valente vê coroado o seu trabalho de quatro anos num momento que descreve como “inesquecível”.

Esta foi a segunda participação do atleta de Oliveira de Azeméis em Jogos Paralímpicos. Na primeira presença neste tipo de competição, em Londres (2012) Abílio Valente não conquistou nenhuma medalha mas a vontade de vencer levou-o ao pódio quatro anos depois nos jogos do Rio de Janeiro.

A equipa portuguesa formada por Abílio Valente, António Marques, Cristina Gonçalves e Fernando Ferreira, vingou-se da derrota com a Argentina na fase de grupos conseguindo impor-se (6-2) no jogo que deu a Portugal a 90ª medalha para Portugal em Jogos Paralímpicos.

A ver fotos

(ler comentários dos utilizadores ou adicione um comentário)

« Foto Anterior Foto Seguinte »

Está a ver a imagem número 1 de um total de 1 imagens.