NOTÍCIAS

Encontro de Janeiras e muita cultura no programa da RTP “Aqui Portugal”

Notícia submetida em 07 Jan 2017 às 12:49

Através do programa “Aqui Portugal”, com transmissão entre as 14h00 e as 20h00, o concelho de Oliveira de Azeméis está de regresso hoje aos ecrans da RTP dando a conhecer ao país as suas potencialidades, tradições, cultura, gastronomia e empreendedorismo empresarial.

São seis horas de programa durante as quais os apresentadores Hélder Reis e Catarina Camacho prometem uma tarde bem passada com vários diretos, entrevistas, atuações musicais e algumas curiosidades concelhias.

Paralelamente à transmissão do canal público, a autarquia promove um Encontro de Janeiras naquela que pretende ser uma manifestação cultural que servirá para manter viva esta tradição popular. O programa da RTP fará eco desta manifestação enraizada no concelho.

A autarquia realiza ainda um concurso de bolo-rei dirigido às pastelarias e confeitarias locais tendo como parceira a Associação Comercial dos Concelhos de Oliveira de Azeméis e Valer de Cambra que divulgará a iniciativa aos microfones da RTP.

Novo executivo de Oliveira de Azeméis reuniu pela primeira vez esta semana

Novo executivo de Oliveira de Azeméis reuniu pela primeira vez esta semana

Notícia submetida em 06 Jan 2017 às 3:46

O executivo da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis tem já definida a sua nova composição bem como as competências dos vereadores.

O executivo, que passou a ser presidido por Isidro Figueiredo, é composto pelos vereadores Ricardo que se mantém como vice-presidente da autarquia, Manuela Pinho, que inicia a sua atividade autárquica, Gracinda Leal e Pedro Marques.

Com a renúncia de Hermínio Loureiro ao cargo, ao fim de sete anos de presidência, a autarquia passou a ser presidida por Isidro Figueiredo que assume, assim, os destinos do município.

“Nesta minha nova função o compromisso que faço com os oliveirenses é de continuar a trabalhar com a mesma determinação e empenho com que sempre o fiz com o objetivo de melhorar a vida da população e atingirmos os nossos desígnios”, afirma Isidro Figueiredo que anteriormente teve a seu cargo o pelouro da Educação.

O autarca presidiu esta semana à primeira reunião do novo executivo que regista a entrada da vereadora Manuela Pinho. Os vereadores do anterior executivo transitam para o novo órgão.

Programa comemorativo da vida literária do escritor Ferreira de Castro chega ao fim

Programa comemorativo da vida literária do escritor Ferreira de Castro chega ao fim

Notícia submetida em 06 Jan 2017 às 2:10

Este sábado, 7 de janeiro, chega ao fim o programa comemorativo dos 100 anos da vida literária de Ferreira de Castro promovido pela Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis.

A fechar as comemorações a autarquia promove, às 21h30, uma sessão que contará com a apresentação do espetáculo “Ferreira de Castro, o Ser Humano”, pela Oficina D´Artes Meia Ponta.

Ao longo do último ano, o escritor oliveirense nascido na freguesia de Ossela foi homenageado e lembrado em inúmeros espaços e momentos dando cumprimento a um vasto conjunto de iniciativas destinadas a comemorar a criação literária de um dos escritores portugueses mais traduzidos no mundo.

A vida literária de Ferreira de Castro iniciou-se em 1916 com a publicação, em fascículos, do romance “Criminoso por Ambição”.

Exposições, produção de conteúdos didáticos, realização de conferências, publicação de artigos, inauguração do Roteiro Literário “Caminhos Ferreira de Castro” pela Junta de Freguesia de Ossela, lançamento do selo comemorativo, lançamento de medalha comemorativa, exibição de filmes, concursos escolares e muitas outras iniciativas fizeram parte do programa comemorativo.

A entrada no cineteatro Caracas para a sessão de encerramento é gratuita mas obriga ao levantamento do bilhete de ingresso na bilheteira.

Ponte medieval do Manica com

Ponte medieval do Manica com “cara lavada”

Notícia submetida em 05 Jan 2017 às 4:30

As obras de requalificação da ponte medieval do Manica, na freguesia de Madaíl, foram hoje inauguradas pelo presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, Isidro Figueiredo.

A recuperação da ponte, com vários séculos, veio dar uma solução ao elevado estado de degradação em que se encontrava aquela que foi, na idade média, uma passagem importante das populações locais e das peregrinações para Santiago de Compostela, em Espanha.

As obras executadas pela União de Freguesias de Oliveira de Azeméis e inauguradas no dia em que o concelho assinalou os 218 anos, deixou satisfeito o presidente da autarquia que considerou o investimento “uma forma de fazermos as pazes com a nossa história”.

Segundo o autarca, “este trabalho não termina aqui” e a autarquia “continuará a apoiar outras intervenções que se venham a concretizar no futuro”.

O presidente da Câmara não excluiu a possibilidade da zona vir a ser “enquadrada no Parque Temático Molinológico” tendo em conta a perspetiva de virem a ser recuperados dois moinhos de água e de ser construído um parque de lazer na envolvência.

O autarca lembrou que a valorização da zona passou também pela limpeza e reflorestação das margens do rio Ul e saudou o “trabalho meritório” da associação D. Urraca Moreira, um dos parceiros na recuperação da ponte.

A associação pretende ver classificada a ponte do Manica, segundo revelou o seu presidente, André Santos, notando que “esta zona tem um forte potencial”.

O responsável disse que o objetivo é valorizar a área circundante salvaguardando e promovendo o património cultural e paisagístico da freguesia.

Segundo Carlos Silva, presidente da União das Freguesias de Oliveira de Azeméis, a recuperação da ponte enquadra-se num projeto mais amplo de “requalificação do património cultural e religioso onde se inclui alminhas, fontenários e tanques públicos que totalizam mais de 100 equipamentos existentes nas cinco freguesias”.

Ultrapassada esta fase, Carlos Silva aponta agora para a recuperação de dois moinhos de água particulares, situados nas imediações da ponte medieval.

O objetivo é vir a cedê-los à associação D. Urraca Moreira que considerou uma coletividade “diferente das outras” por ser constituída por jovens que despendem do seu tempo para “fazerem voluntariado na preservação do património cultural, ambiental e paisagístico de Madaíl”.

A requalificação da ponte do Manica resultou de uma parceria entre a autarquia, a União de Freguesias de Oliveira de Azeméis, a associação D. Urraca Moreira e proprietários de terrenos.

Alunos de Oliveira de Azeméis vão ter Orçamento Participativo Municipal

Alunos de Oliveira de Azeméis vão ter Orçamento Participativo Municipal

Notícia submetida em 04 Jan 2017 às 3:44

O I Orçamento Participativo Municipal de Oliveira de Azeméis, direcionado às escolas, vai envolver os cinco agrupamentos do município e será “o pontapé de saída para o seu alargamento a outras áreas”, afirmou o presidente da autarquia, Isidro Figueiredo.

O projeto foi apresentado esta manhã na escola básica e secundária Ferreira de Castro seguindo-se até esta sexta-feira a sua apresentação nos restantes quatro agrupamentos.

Terminada esta fase, o processo inclui a apresentação e a análise técnica de propostas, a votação dos projetos e a divulgação pública dos vencedores, num processo que deverá ficar concluído até 16 de maio, coincidindo com a realização da Assembleia “Políticos de Palmo e Meio” e as comemorações do aniversário da cidade.

No primeiro ato público como presidente da autarquia e acompanhado de José Mesquita, delegado regional de Educação da região norte, Isidro Figueiredo apelou “à participação de toda a comunidade educativa no projeto” com o qual se pretende o exercício ativo dos alunos na elaboração e execução de projetos para as suas escolas mediante os recursos existentes.

“Este é um desafio em que nos vamos empenhar todos para termos sucesso”, disse o autarca, anunciando ter sido criada uma plataforma digital que irá permitir a divulgação e o acompanhamento dos projetos bem como a votação eletrónica nos mesmos.

O Orçamento Participativo de Oliveira de Azeméis destina-se a incentivar o diálogo e a interação entre alunos, pessoal docente e não docente, pais, encarregados de educação e técnicos municipais na procura das melhores soluções para as necessidades das escolas de acordo com os recursos disponíveis.

O projeto, dotado com uma verba de 25 mil euros, foi anunciado em 2016 durante a realização da Assembleia “Políticos de Palmo e Meio” e tem como alvo todos os alunos do 1º ao 12º ano de escolaridade do concelho apelando à sua participação cívica na identificação de problemas, propostas de solução e definição dos respetivos orçamentos.

Os alunos podem concorrer com propostas nas áreas da educação e formação, ação social escolar, promoção do sucesso escolar, empreendedorismo, inovação, ambiente, sustentabilidade, cultura, património, desporto, lazer, cidadania, solidariedade e tecnologias de informação e comunicação.

A execução dos projetos tem um prazo máximo de 12 meses.

Comprar no comércio tradicional dá direito a raspadinhas

Comprar no comércio tradicional dá direito a raspadinhas

Notícia submetida em 16 Dez 2016 às 3:48

Fazer compras durante o mês de dezembro no comércio tradicional de Oliveira de Azeméis vai dar direito a descontos com o lançamento das «Raspadinhas de Natal».

A iniciativa é da Câmara Municipal e da Associação Comercial dos Concelhos de Oliveira de Azeméis e Vale de Cambra e acontece, uma vez mais com o intuito de promover o intercâmbio comercial, ser um estímulo à compra em rede no comércio tradicional, na época natalícia de 2016.

Através de oferta de descontos nas compras efetuadas nos estabelecimentos aderentes, num total de 86 estabelecimentos, mais de 25 mil descontos/ofertas estarão em jogo.

Cada “raspadinha” tem sempre um desconto ou oferta e é válida de 01 de Janeiro até 30 de junho de 2017. (os descontos não são acumuláveis com outras promoções em vigor)

Este ano, todas as raspadinhas serão numeradas e no final do mês de dezembro serão sorteados cabazes de natal.

Instituições apoiadas com 157 mil euros para execução de obras e para formação musical

Instituições apoiadas com 157 mil euros para execução de obras e para formação musical

Notícia submetida em 16 Dez 2016 às 3:45

A Câmara de Oliveira de Azeméis aprovou o apoio financeiro a algumas instituições do concelho no valor de 157 mil euros.

A colaboração financeira abrange a requalificação de instalações e a formação musical e beneficia um total de 11 entidades.

A verba de 50 mil euros atribuída à Associação de Melhoramentos Pró-Outeiro destina-se a apoiar as obras do Centro de Dia e Centro de Convívio enquanto os 25 mil euros a contratualizar com o Centro Social, Cultural e Recreativo de Carregosa visam auxiliar as obras de requalificação de salas do edifício-sede.

A terceira entidade a beneficiar de apoio financeiro, no valor de 46 mil euros, é a Associação de Pais e Encarregados de Educação da escola básica e secundária Dr. Ferreira da Silva, na freguesia de Cucujães. A verba destina-se a cobrir as despesas relacionadas com as obras de adaptação do auditório daquele estabelecimento de ensino.

O executivo decidiu ainda atribuir 36 mil euros à formação musical, com a concessão de 35 euros por formando, à Associação Villa Cesari, Associação Nogueirense de Cultura e Desporto (NOZ), bandas de música de Carregosa, Santiago de Riba-Ul, Fajões e Loureiro, Sociedade Filarmónica Cucujanense e Sociedade Musical Harmonia Pinheirense.

O executivo concedeu ainda um outro apoio financeiro de 20 mil euros à realização do passeio dos idosos. O passeio envolveu a participação de dois mil idosos das freguesias de Macieira de Sarnes, Cesar, Fajões, S. Martinho da Gândara, Cucujães e das Uniões das Freguesias de Oliveira de Azeméis, de Nogueira o Cravo e do Pinheiro da Bemposta.

Macieira de Sarnes recebe verba de 90 mil euros para obras

Macieira de Sarnes recebe verba de 90 mil euros para obras

Notícia submetida em 16 Dez 2016 às 3:42

A Câmara de Oliveira de Azeméis aprovou o contrato de apoio financeiro à junta de freguesia de Macieira de Sarnes no valor de 90 mil euros.

A maioria da verba (68 500 euros) destina-se a custear as obras na garagem e no bar do complexo desportivo do Viso, avaliadas em 61 mil euros. A restante quantia de 7 500 euros será aplicada na conservação e limpeza do tanque público do Rio.

Nos termos do contrato interadministrativo, a autarquia disponibiliza ainda 21 500 euros à junta de freguesia destinados ao alargamento e construção de muros na rua do Canceleira (17 mil euros) e à limpeza e recuperação da calçada da Ribeira (4 500 euros).

A execução da obra será por administração direta cabendo ao município a cedência de máquinas, materiais e apoio técnico.

Encontro junta associações para o

Encontro junta associações para o “cantar das janeiras”

Notícia submetida em 16 Dez 2016 às 3:39

As associações do concelho de Oliveira de Azeméis vão juntar-se no dia sete de janeiro, junto ao Largo da República, para um encontro de janeiras.

A iniciativa, que decorrerá paralelamente à transmissão do programa “Aqui Portugal”, da RTP, reunirá centenas de pessoas numa manifestação cultural que pretende manter viva a tradição popular de “cantar as janeiras”.

Ao longo da tarde atuarão as diversas coletividades oferecendo ao público cantares caraterísticos e enraizados na cultura do concelho.

A iniciativa será enriquecida com algumas bancas espalhadas em redor do Largo da República onde será possível apreciar e comprar doçaria caraterística da época natalícia.

A autarquia promove nesse mesmo dia um concurso de bolo-rei direcionado às pastelarias e confeitarias. A iniciativa, que tem como parceira a Associação Comercial dos Concelhos de Oliveira de Azeméis e Vale de Cambra (ACCOAVC), admite três categorias (bolo-rei tradicional, bolo rainha e bolo-rei escangalhado) que serão premiadas com medalhas de ouro e prata.

O júri dará a conhecer a sua decisão atá ao final do dia.

Leitores distinguidos pela biblioteca muncipal Ferreira de Castro

Leitores distinguidos pela biblioteca muncipal Ferreira de Castro

Notícia submetida em 16 Dez 2016 às 3:37

O espetáculo de teatro “Em busca da joaninha dourada” e a distinção dos leitores em destaque durante 2016 assinalaram o 9º aniversário da biblioteca municipal Ferreira de Castro (BMFC).

A vereadora da cultura, Gracinda Leal, recordou o patrono da biblioteca que, através da sua literatura, levou o nome de Oliveira de Azeméis a todo o mundo.

A responsável do pelouro referiu-se em particular à publicação do seu primeiro livro (“Criminoso por Ambição”) que está na base das comemorações dos 100 anos da vida literária de Ferreira de Castro que decorrem até janeiro de 2017.

À semelhança de anos anteriores, a biblioteca entregou lembranças aos leitores que se destacaram este ano. Maria Albuquerque Xará (escalão 0-3 anos), Vicente Gomes de Oliveira (escalão 4-10 anos), João Alberto Queirós Correia Oliveira Teixeira (escalão 11-17 anos) e Liliana Mendes Azevedo (escalão +17 anos) foram os leitores com maior número de empréstimos domiciliários.

Igualmente foram destacados os leitores Beatriz Vilas Boas Pereira, Joana Íris Costa Azevedo, Manuel Costa Gomes e Mara Morais de Oliveira em cujos números de inscrição consta o número 14, data de aniversário da biblioteca.

Em nove anos, a BMFC procedeu a 149 808 empréstimos, dos quais 7 458 em 2016. Atualmente estão disponíveis 51 285 documentos em catálogo.

A biblioteca municipal Ferreira de Castro foi inaugurada a 14 de dezembro de 2007.